Críticas ao CEPOM

8 fev, 2021 | Gestão Tributária, Vídeos | 0 Comentários

Na terceira aula do ISS em Foco, evento gratuito que o Foco Tributário promoveu em 2020, os professores Alexandre Marques e Gustavo Reis teceram pertinentes críticas ao CEPOM. No vídeo de hoje, assista esse conteúdo exclusivo disponibilizado para nossos seguidores.

Motivação das críticas ao CEPOM

A principal incoerência ressaltada é que algumas localidades exigem o cadastro no CEPOM ainda que o prestador não tenha executado a atividade no município do tomador. Por conta disso, o STF reconheceu a repercussão geral do tema e vai julgar a constitucionalidade do procedimento.

As críticas ao CEPOM discutidas aqui partem da premissa de que este, em muitos casos, foge da sua competência, ou seja, extrapola o que deveria fazer. Por exemplo, um funcionário de uma empresa sediada no Rio de janeiro/RJ viajou para Salvador/BA, se hospedou em um hotel, e a nota fiscal do hotel foi emitida contra essa empresa contratante do Rio de Janeiro. A realidade é que o CEPOM do Rio de Janeiro é imposto obrigatoriamente mesmo a um prestador de serviços localizado em Salvador e que executa serviços de hospedagem. 

É razoável exigir que essa empresa, estabelecida em Salvador, cuja prestação de serviço está indissociavelmente ligada ao seu estabelecimento físico, se cadastre junto a prefeitura do Rio para não sofrer a retenção do ISS em favor da capital fluminense? Isso é um absurdo!

Críticas ao CEPOM: Cenário para os próximos anos

A expectativa é que o STF, que há pouco mais de 1 ano reconheceu a repercussão geral do tema, coloque a questão em pauta e conclua pela limitação do direito do município de exigir esse cadastro. Entende-se ser razoável que o município exija o cadastro no CEPOM com objetivo de evitar a prática de fraude por parte de prestadores que se estabelecem de maneira fantasma em outros municípios mas que, de fato, atuam no município que instituiu o CEPOM. Nesse caso, o CEPOM é muito eficaz. O que pontuamos no vídeo é que devem haver limites para este alcance.

São Paulo/SP, por exemplo, fez algo muito razoável. Licitou por meio da Portaria nº 118/2005 algumas atividades que ficam dispensadas do cadastro do CEPOM. Em Curitiba/PR, foi criado um CEPOM Simplificado para, em algumas atividades, facilitar o cadastro das empresas prestadoras de outros municípios. Ainda assim, tecemos críticas ao CEPOM pois, de maneira geral, há muito abuso por parte dos municípios.

 

Veja também: Exemplo prático de aplicação do CEPOM

[Entre no nosso canal no Telegram]

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected].

Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

Curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.

Publicações recentes

a-incidencia-do-ir-e-contribuicoes-sociais-nos-contratos-de-gestao-de-frota-por-tomadores-federais

A incidência do IR e Contribuições Sociais nos contratos de gestão de frota por tomadores federais

Em uma das lives In Company para o TRT 23, do curso Especialista em Retenções Tributárias, tratamos da (…)

stf-decide-pelo-iss-ao-inves-do-icms-para-tributacao-de-softwares

STF decide pelo ISS ao invés do ICMS para tributação de softwares

Incide ISS, e não ICMS, nas operações de softwares. Esse foi o entendimento firmado nesta quinta-feira (…)

ir-empresas-devem-enviar-informe-de-rendimentos-ate-dia-26

IR: empresas devem enviar informe de rendimentos até dia 26

O informe de rendimentos referentes ao ano de 2020 devem ser entregues por empresas, bancos e corretoras de (…)

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *