Ao locador possuidor de dependentes é permitido o abatimento dos valores da base de cálculo do IR?

15 mar, 2021 | Gestão Tributária, Vídeos | 0 Comentários

Base de cálculo do IR – No vídeo, os professores Alexandre Marques e Gustavo Reis, durante uma live exclusiva para os alunos do curso Especialista em Retenções Tributárias, responderam a esta questão importante: Ao locador possuidor de dependentes é permitido o abatimento dos valores da base de cálculo do IR? 

Base de cálculo do IR: Abatimento de valores

O valor dos dependentes pode sim ser abatido da base de cálculo do IR de pessoas físicas. Com isso em mente, questiona-se: Se o locador apresentar comprovante de que possui quatro dependentes, a retenção seria devida levando em conta o abatimento de tais valores da base de cálculo? É necessário relembrar que há a possibilidade do abatimento de R$189,59 por dependente; no exemplo utilizado, o aluguel do imóvel consta do valor de R$2.500,00 mensais. Ao somar o valor de quatro dependentes e abater do valor do aluguel, percebe-se que o valor da base de cálculo fica inferior ao limite de isenção da Tabela Progressiva, ou seja, nesse caso não é possível cogitar retenção.

Isenção da retenção X Isenção do rendimento

Não se pode confundir a isenção da retenção com a isenção do rendimento quanto ao Imposto de Renda. Neste caso, não haverá retenção, mas, quando a pessoa física fizer a declaração do IR no ano seguinte, terá de informar este valor como sujeito ao imposto de renda. A resposta do questionamento acima trata apenas da retenção, da informação declarada à fonte pagadora, ao locatário, para que esta possa abater os valores da base de cálculo da remuneração.

Portanto, com base no exemplo, conclui-se que, como quatro dependentes correspondem a um valor de dedução de R$758,36 (R$ 189,59 x 4), ao deduzir este valor dos R$2.500,00 devidos ao locador, a base de cálculo fica inferior a R$1.903,98 e a retenção não deve ser efetuada.

No vídeo, os professores ainda abordaram aspectos relacionados à Tabela Progressiva. Confira!

Veja também: Principais repercussões práticas da classificação obra e serviço de construção civil

 

[Entre no nosso canal no Telegram]

Curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.

Publicações recentes

gt-cast-27-marco-2021-o-seu-podcast-sobre-gestao-tributaria

GT Cast #27 – Março/2021 – O seu podcast sobre gestão tributária

Nesta edição falamos sobre a decisão do STF que estabeleceu a inconstitucionalidade do CEPOM/CPOM, comentamos também acerca da decisão proferida pelo STJ, por unanimidade (…)

informacoes-preliminares-acerca-da-desoneracao-da-folha-e-a-retencao-do-inss-de-35

Informações preliminares acerca da desoneração da folha e a retenção do INSS de 3,5%

Alguns detalhes importantes devem ser observados ao tratar de informações preliminares acerca da desoneração da folha e a retenção do INSS de 3,5%. O primeiro deles é que a desoneração (…)

efd-reinf-publicada-atualizacao-do-manual-da-efd-reinf-versao-1-5-1-1

EFD-Reinf: Publicada atualização do Manual da EFD-Reinf versão 1.5.1.1

EFD-Reinf: Publicada atualização do Manual – Foi publicada em 15/04/2021 no Portal SPED atualização do Manual da EFD-Reinf na versão 1.5.1.1 (…)

o-que-diz-a-decisao-do-stf-sobre-o-licenciamento-de-software

O que diz a decisão do STF sobre o licenciamento de software

Na live sobre “O que esperar da área tributária em 2021”, os professores Alexandre Marques, Aline Fagundes e Gustavo Reis comentaram um pouco mais sobre a decisão do STF sobre licenciamento de software que também foi muito discutida (…)

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *