#264: A lista de serviços profissionais é taxativa ou exemplificativa para efeito do IRRF?

21 maio, 2020 | IRRF, Vídeos | 0 Comentários

Vídeo #264 de 365 publicações ao longo do ano!

Para fins de retenção de Imposto de Renda por tomadores que não são federais, o Decreto nº 9.580/2018 estabelece no art. 714, § 1º, a lista dos serviços profissionais sujeitos ao desconto na fonte. Entretanto, nem todas atividades ali descritas são profissões regulamentadas.

Confira no vídeo de hoje algumas considerações acerca dessa lista de serviços pelo professor Alexandre Marques!

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected]

Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

Curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.

Publicações recentes

principais-repercussoes-da-classificacao-obra-e-servico-de-construcao-civil

Principais repercussões da classificação OBRA e SERVIÇO de construção civil

A IN RFB 971/2009 (…) distinguiu o que deve ser considerado como OBRA e SERVIÇO de construção civil (…)

stf-define-que-a-contribuicao-patronal-sobre-salario-maternidade-e-inconstitucional

STF define que a contribuição patronal sobre salário-maternidade é inconstitucional!

No dia 04 de agosto de 2020, o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a inconstitucionalidade de dispositivos da (…)

subitens-com-nova-regra-quanto-ao-local-de-incidencia-do-iss-suspensa

Subitens com nova regra quanto ao local de incidência do ISS suspensa!

Desde que o Supremo Tribunal Federal concedeu liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5835 (…)

gtcast

GT Cast #20 – Agosto/2020 – O seu podcast sobre Gestão Tributária!

Nesta edição falamos sobre algumas decisões importantes proferidas pelo STF no mês de agosto, como a que definiu que a contribuição patronal (…)

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *